COMO FUNCIONA

Quando houver um tema polêmico ele será proposto
Você comenta e argumenta a favor ou contra
No fim de 30 dias, somam-se os que foram a favor, e os contra ( indecisos não somam ) e vence a maioria
No seu blog, DIVULGUE a favor & contra entre seus leitores, e convide-os a participar

dezembro 14, 2010

CASAMENTO HOMOSSEXUAL - UM BALANÇO

A segunda edição do “A Favor e Contra” acaba hoje. Com um total de 102 comentários, o debate decorreu durante um mês. Assistimos a uma animada troca de pontos de vista. Mais uma vez os comentários foram incisivos, polémicos, contraditórios, mas sempre com elevação. Se alguma coisa este blogue já provou é que se podem discutir todos os assuntos, mesmo anonimamente ou apenas virtualmente, de forma civilizada. Aqui fala-se direito. Diz-se o que se pensa, sem ofensas, falsos preconceitos ou provocações. Ganhamos todos. Entendemo-nos melhor. Aprendemos.
Em termos de balanço, e embora alguns comentários não expressassem de forma clara um sim ou não, carecendo de interpretação quanto ao conteúdo, podemos dizer que se chega ao seguinte resultado:
- a favor: 17
- contra: 3
- indiferente: 5
Mas mais que a simples “votação”, o conteúdo é extremamente enriquecedor. Ao longo do debate é muito curioso ver como várias pessoas vão mudando a sua posição, algumas de forma subtil, outras declaradamente. Isso prova que o debate foi útil. Que pessoas que viam as coisas de uma certa forma evoluíram, num sentido ou noutro, em função dos argumentos apresentados. Isto é, ficaram mais esclarecidas. E isso é muito positivo e animador.
 Apareceram pessoas com experiência profissional de tratamento de casos traumáticos. Apareceram pessoas declaradamente homossexuais ou bissexuais. Foram abordados aspectos jurídicos e aspectos políticos. Houve seriedade e sentido de humor.
A questão da adopção surgiu e incendiou o debate, fazendo pessoas interrogar-se e até mudar de posição. Sendo uma questão associada ao casamento, a adopção não é automática. A sua autorização está dependente de avaliação técnica/económica que implica inúmeros parâmetros e requer validação judicial. Mais do que um direito, a adopção é um dever.
Uma edição rica no conteúdo e na forma como foi evoluindo. Estamos certos de que muito mais gente aparecerá na 3ª edição a anunciar amanhã.
Obrigado a todos.

4 comentários:

Mariana Vargas disse...

Falando sério, o negócio aqui foi MARA!!!!

beijos.

Cacá disse...

Você usou o termo "evoluir" da forma mais apropriada que eu defendo. Acho que evolução é isso. Um patamar acima de nosso andar anterior humano, não este progresso material que a humanidade insiste em chamar de evoluçao. Assim, creio , é que podemos construir uma sociedade melhor. Parabéns, abraços. Paz e bem.

Mena G disse...

Balanço positivo, sem dúvida. Amanhã cá estou.

expressodalinha disse...

Sem dúvida muito positivo.